Aqui Se Fabricam Pobres: Bolsonaro e Paulo Guedes querem voltar literalmente no tempo. Ao Chile, de 1981

Por Luiz Carlos Azenha em Viomundo. Eu era correspondente nos Estados Unidos quando o governo de George W. Bush tentava convencer os norte-americanos a aceitar a privatização da Previdência Social. Os argumentos eram exatamente os mesmos brandidos hoje pelos neoliberais no Brasil: o sistema ia quebrar por causa do envelhecimento da população. A oposição mais... Continuar Lendo →

TEM BOLSONARISTA QUERENDO UMA NOITE DOS CRISTAIS

“Vagabunda!”, esbravejou Jair Bolsonaro para a deputada Maria do Rosário, em 2010. Muitos eleitores dele resolveram combinar violência verbal com violência física. De 30 de setembro a 10 de outubro, apoiadores do candidato do PSL foram autores de ao menos 50 agressões, inventariou a Agência Pública. São “casos isolados”, minimizou Bolsonaro, que denominou “excesso” os atos criminosos. Lamentou-os.... Continuar Lendo →

Bolsonaro é uma ameaça ao planeta

O candidato de extrema direita já anunciou medidas que vão abrir a Amazônia ao desmatamento. Quem acredita que a possibilidade de o Brasil ser governado por um homem declaradamente racista, misógino e homofóbico é apenas mais uma bizarrice da América Latina não compreendeu que, em tempos de aquecimento global, a ameaça alcança a sua porta. por Eliane... Continuar Lendo →

VOCÊ PENSA EM RESISTIR AO FIM DO 13º? CUIDADO: BOLSONARO AMEAÇA TERMINAR COM ‘TODOS OS ATIVISMOS’

Na noite de domingo, ao ficar claro que teria de encarar o segundo turno contra Fernando Haddad, Jair Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo pela internet em que pronunciou a declaração mais intimidadora da sua campanha: “Vamos botar um ponto final em todos os ativismos no Brasil”. Por Mário Magalhães em Intercept. Na noite de domingo, ao ficar claro... Continuar Lendo →

A direita pop e a memificação da política. Entrevista especial com Esther Solano

Fundamentalmente, o movimento que chamo de “rebeldia conservadora”: trata-se de um grito de desabafo, de mal-estar, de descontentamento, um pouco dessa ideia do antissistêmico, do anti-establishment. Por outro lado, digo que é uma rebeldia conservadora porque as pessoas não votarão nele para que se construa uma coisa nova, de vanguarda, de futuro, mas, sim, para voltar ao... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑