Crescimento, precarização e desigualdade em 2017

O Brasil cresceu pouco e a vida dos mais pobres piorou. O índice de Gini, que mede a desigualdade, aumentou e sumiram milhares de empregos formais. Por Fabrício Pitombo Leite em Carta Capital. Na recente divulgação das Contas Nacionais Trimestrais, chama a atenção o desempenho da atividade econômica no Brasil, que deu sinais de vitalidade, com... Continuar Lendo →

Projeto de lei quer proibir agricultores de produzir, distribuir e armazenar sementes

De acordo com o projeto, a comercialização do produto que for obtido na colheita dependerá da autorização do detentor da cultivar. Assim, a proposta irá limitar os agricultores familiares de produzir, armazenar, distribuir, comercializar e trocar as suas sementes. PL em tramitação no Congresso quer estabelecer royalties para agricultores que plantem as chamadas cultivares. Por Lilian... Continuar Lendo →

Não deixe que a política radical de Marielle seja explorada ou apagada, como o Fantástico tentou fazer ontem à noite

A Globo pôde ver que a reação ao assassinato de Marielle vinha crescendo e se fortalecendo, indo em direções que deixam as elites brasileiras profundamente desconfortáveis. A cobertura que vimos ontem no Fantástico foi a tentativa da Globo de retomar o controle da narrativa. A mensagem do Fantástico foi tão óbvia quanto foi detestável: “agora... Continuar Lendo →

Na hora que isto aqui explodir, Ruanda vai ser pouco

“Terror? Niemals. Es ist Sozialhygiene. Wir nehmen diese Individuen aus dem Umlauf, wie ein Mediziner einen Bazillus aus dem Umlauf nimmt.” [Trad. “Terror? Jamais! Isso é higiene social. Nos retiramos esses indivíduos de circulação, como um médico retira um bacilo de circulação.”] – Benito Mussolini, apud Joseph Goebbels, citado no artigo “Der Jude”, in Der... Continuar Lendo →

Não é só Marielle: conheça mais 24 casos de lideranças políticas mortas nos últimos quatro anos

O assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) na noite desta quarta-feira (14/03) acendeu o alerta para uma realidade chocante: desde 2014, outros 24 líderes comunitários, ativistas e militantes políticos foram mortos em diferentes regiões do Brasil. Por Haroldo Ceravolo Sereza e Rafael Targino em Opera Mundi O historiador Fernando Horta, doutorando na Universidade de Brasília, reuniu... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑