Quando trabalhar já não salva da pobreza

A precariedade do mercado de trabalho espanhol empurra 13% dos empregados a ter uma renda inferior ao limite da pobreza Por Luis Doncel em El País Brasil Para María, a expressão "não chegar ao fim do mês" ainda não é precisa. "Não estamos nem no dia 10 e já não dá mais", diz, sem perder o sorriso.... Continue lendo →

“A condição humana é anticapitalista”, diz George Monbiot

Em novo livro, George Monbiot argumenta: somos seres solidários, ao contrário do mito; mas a esquerda hesita, porque falta-lhe uma nova narrativa de mundo Por Mark Karlin, no Truthout | Tradução: Camila Teicher A ideia de que a natureza humana é inerentemente competitiva e individualista não é só prejudicial; é também contestada pela psicologia, neurociência e biologia evolutiva, afirma George Monbiot em seu novo livro. “Out of... Continue lendo →

UberCapitalismo: a contrarrevolução do século 21

Como um punhado de megacorporações ameça colonizar a internet, arrasar o projeto de uma rede não-mercantil e realizar a distopia da precarização permanente Por Ricardo Abramovay em prefácio do livro Uberização, a nova onda do trabalho precarizado, de Tom Slee, reproduzido em Outras Palavras A explosão da cultura digital durante o século XXI revigorou os mais importantes ideais... Continue lendo →

Judith Butler, o MBL e o fim da democracia

Por Marcelo Menna Barreto em Jornal Extra Classe Nada confirma mais os tempos obscuros, a obtusidade e a desinformação de certos setores da direita brasileira que protestaram no último dia 27 contra a presença da filósofa norte-americana Judith Butler no Brasil para participar do seminário Os Fins da Democracia, em novembro, no Sesc Pompéia, em São Paulo.... Continue lendo →

‘É impressionante que um país de escravidão tão longa tenha a autoconcepção de que não é violento’, diz pesquisadora de Princeton

Por Fernanda Canofre em Sul21 Nos anos 1980, quando a antropóloga e historiadora Lilia Moritz Schwarcz começou a pesquisar questões raciais no Brasil, teve que começar por convencer os colegas de que tinha um problema de pesquisa. “Na época, essa era quase uma falsa questão. Como eu sou um pouco triste, como Lima Barreto, eu persisti... Continue lendo →

Juízes amordaçados

Por Leonardo Isaac Yarochewsky em Justificando 1- O caso: O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (24/10) por unanimidade investigar quatro juízes de direito que participaram de manifestações contra o impeachment da então Presidenta Dilma Rousseff em 2016. Os juízes do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), André Luiz Nicolitt, Cristiana de Faria Cordeiro, Rubens R. R. Casara e Simone Nacif Lopes subiram... Continue lendo →

De volta à escravidão (parte 2): Lucrativa, escravidão moderna está em crescendo na Europa, aponta pesquisa

O risco da escravidão moderna cresceu em 20 dos 27 países que integram a União Europeia, segundo dados divulgados nesta semana por uma pesquisa intitulada Modern Slavery Index 2017 (Índice de Escravidão Moderna 2017, em tradução livre). Por Sputnik Brasil Produzido pela companhia de análise de risco Verisk Maplecroft, o levantamento apontou que os maiores... Continue lendo →

O desmanche da Constituição

Levantamento da Pública mostra que indígenas, quilombolas e trabalhadores estão entre os que mais perderam direitos constitucionais no governo Temer; saúde, educação e meio ambiente também foram afetados Por  Alice Maciel em Agência Pública “Continuamos no mesmo barco, mas agora estamos à deriva, sem remo”, diz o presidente da Associação Quilombola de Mangueiras, Maurício Moreira dos Santos.... Continue lendo →

Quilombolas: a luta pelo direito de existir

O Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte jurídica do país, vai decidir se existe futuro para os mais de 16 milhões de quilombolas brasileiros, ameaçados de perder suas terras, suas memórias e sua identidade. Por Renata Guerra em Repórter Brasil O futuro de mais de 16 milhões de quilombolas, população superior à de 24 estados... Continue lendo →

De volta à escravidão (parte 1): Escravidão é hoje 30 vezes mais lucrativa do que nos séculos 18 e 19, diz estudo

Um estudo realizado por um economista da Universidade de Harvard (EUA) indicou que a escravidão humana na atualidade é muito mais lucrativa do que àquela praticada nos séculos 18 e 19, com o uso de pessoas do Continente Africano. Por Sputnik News Brasil Conduzido pelo norte-americano Siddharth Kara, o trabalho apontou que os exploradores de... Continue lendo →

Por que não somos todos Somália?

Por Gabriel Costa Gaspar em Justificando A Somália sofreu no último sábado (14) um dos atentados mais violentos da história. Na segunda-feira, o Twitter ferveu de questionamentos sobre a baixa cobertura midiática e a pouca comoção em torno das mais de 500 vítimas (entre mortos e feridos) do ataque ao centro da capital Mogadíscio. Representantes de ONGs,... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑