Sobre o sítio

Resolvemos criar esse sítio com intuito de registrar nossas ideias em algum lugar do mundo e onde o mundo pudesse ter acesso. Além disso, desbravar o novo e debater os temas abordados.

Aqui, talvez com um pouco (ou muito) amadorismo, tentaremos entrelaçar as questões feministas, culturais e teorias de esquerda, como Anarquismo, Socialismo e Marxismo de uma maneira menos rebuscada e mais lúcida possível. Nosso interesse é estudar como as questões do Capital interferem diretamente em nosso cotidiano e como acreditamos que a normalidade cotidiana se tornou natural e única, “impossível” de ser alterada. Essa questão está intimamente relacionada com o movimento feminista, ao nosso ver. Tentaremos aqui estabelecer uma visão feminista esquerdista, analisando desde o banal do cotidiano até os atos premeditadamente sexistas e machistas.

Como essas questões moldam nossas escolhas e como nossa visão de mundo pode ser apequenada diante de um mundo moldado pelo modo de produção capitalista e neoliberal? Como nós, mulheres e homens, podemos aceitar certos tipos de comportamentos e consumir desenfreadamente de um mundo estafado pelo próprio consumo? O que isso tem a ver com o feminismo? O que o modo de produção capitalista tem a ver com a feminismo? Qual o papel das cultura e arte no sistema Capitalista? Porque nos tornamos mercadoria? O que a estética da mercadoria tem a ver com tudo isso?

Essas e outras questões, quiçá questões sobre o atual governo neoliberal, serão debatidas por nós aqui. Talvez nós mesmas não tenhamos a mesma leitura sobre esses pontos, mas também estamos aqui para descobrir isso e aprender.

Esse sítio não exibirá propagandas e o mesmo será custeado pelas autoras. Estamos não só preocupadas com o conteúdo, mas também com a FORMA. Não à hipocrisia, em primeiro lugar.

Boas leituras!

Autoras:

Giselle Bertaggia: Mestre em Matemática pela USP, headbanger de coração, ama vários tipos de música, origamis e gatos. Estuda questões de esquerda, principalmente Marxismo e questões do trabalho. Aprendiz em vários instrumentos musicais.

Ana Maria Anunciato: professora e Historiadora formada pela USP. Anarquista de coração, ama animais e um bom e velho punk rock.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑