Haverá proteção contra o capitalismo de vigilância?

No Brasil, os projetos de lei sobre proteção de dados pessoais abordam pouco esses instrumentos de tutela coletiva de direitos. Há pouca atenção para a “avaliação de impacto à proteção de dados pessoais” – obrigatória para inovações que possam colocar em risco direitos e liberdades civis –, para as metodologias de gestão de risco e... Continuar Lendo →

Facebook e extrema direita: somos cúmplices?

A passividade dos usuários diante das contínuas revelações sobre a quebra maciça da intimidade, e a monetização de seus dados pessoais; a inoperância dos sistemas jurídicos de mastodontes autocomplacentes como a União Europeia; a incapacidade ou a indolência diante do desafio de criar redes saudáveis e alternativas; a debilidade dos Estados do Sul e o... Continuar Lendo →

Jovens se afastam de páginas engajadas e interagem com imprensa tradicional, revela estudo

Levantamento inédito revela que polarização no Facebook atrai perfis mais velhos do que páginas que usam linguagem mais neutra. Além disso, os leitores de páginas engajadas estão longe da maioria dos usuários da internet. Segundo o Cetic, 54,2% dos usuários têm menos de 30 anos. Texto: Natalia Viana, Gpopai, Alunos da ESPM - Rio | Infográficos: Bruno Fonseca em A... Continuar Lendo →

Rebelião contra as redes sociais

Manipuladoras da atenção. Veículo de notícias falsas. Oligopólios sem controle. As redes sociais tiveram seu ‘annus horribilis’ em 2017. O que fazemos com elas? Por Joseba Elola em El País Sean Parker sempre foi uma pessoa polêmica. Não por acaso foi o criador do Napster, a plataforma de downloads que deu uma rasteira na indústria... Continuar Lendo →

“As redes sociais estão dilacerando a sociedade”, diz um ex-executivo do Facebook

Chamath Palihapitiya lamenta ter participado da criação de ferramentas que destroem o tecido social Por El País Brasil Um ex-alto executivo do Facebook fez um mea culpa por sua contribuição para o desenvolvimento de ferramentas que, em sua opinião, “estão dilacerando o tecido social”. Chamath Palihapitiya, que trabalhou na empresa de Mark Zuckerberg de 2007 a 2011, da qual chegou a... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑